Arquivo | azul calcinha RSS feed for this section

uma

8 dez

Às vezes é mais do que eu posso suportar.
E aí desce uma só.
Solitária, sem pressa.
Longa.

Uma lágrima que reúne tanto, mas tanto.

Anúncios

E hoje,

30 nov

que tava me achando bonita, não te vi!

2 de 2

29 out

É simples, sou tua.
Quisera não ser, ter forças para escapar
Das amarras invisíveis que me prendem,
Do vazio que esmaga minha alma
E esmigalha meu corpo.
Sou tua.
Sou inteira apenas quando escuto teu riso.

 

11.07.09

1 de 2

29 out

Está claro como minha pele
Mas ainda que olhe, não vejo.
O turbilhão de emoções que me trouxeste
Foi-se pelo mundo afora.
Contigo.
Está nas curvas perigosas
De que tanto gostas,
Foi na velocidade que eu desconhecia.
Sou tua.

 

11.07.09

como o tempo passa rápido

28 out

Ontem mesmo eu tinha o coração aquecido e a alma acalentada. Os momentos breves de alegria transformavam meus dias em bons dias.

Hoje? Nada.

 

rubor

20 out

I can’t help it if my capillaries are close to the skin.

 

 

pero me gustaría.

el alma

15 out

Es tan guapo y tiene unos ojos tan dulces que a veces me duele el alma.

 

nunca fui

25 set

… e tudo que eu sentia era que em algum momento o diretor ia dizer “corta”, ou que o escritor ia fazer uma pausa pro café.

nunca fui tão paula.